20 de junho de 2016

Campanhas

Enquanto que na BBC, as primeiras palavras de Rio Ferdinand, Jermaine Jenas e Alan Shearer eram elogiosas para o jogo que William Carvalho fez contra a Áustria, já na RTP3, o primeiro comentário de Carlos Daniel, o "Guardiola" do comentário desportivo, sobre William foi logo para o criticar. Felizmente, Costinha defendeu bem William do ataque vil do benfiquista de Paredes.








Lá elogiou um passe longo de William para, logo de seguida, espetar mais uma farpa e, pasme-se, ousar até associar o William ao termo inventado por Luís Freitas Lobo, o infame "lateralizar", isto depois de Danilo ter feito um jogo completamente "lateralizado" contra os islandeses, ao ponto de, com uma pequena mazela ou não, Fernando Santos o ter substituído por William Carvalho. Felizmente, Peseiro também entalou bem o "Guardiola".

10 comentários:

Anónimo disse...

Um é o "benfiquista de Paredes". Outro é o "felizmente o Costinha": http://2.bp.blogspot.com/_iodi2I0Rqbc/TFMQnWKPYHI/AAAAAAAADAg/7v_qo2x1Z30/s1600/costinha.png

Haja algum decoro na catalogação de um e de outro.
O "nosso" só porque é nosso não deixa de ser mau ou fanático (que é o caso do Costinha).

Até porque a intervenção do CD sugerindo a necessidade de mais jogo interior e de mais progressão do William faz todo o sentido. E em nada invalida a ideia de que ele, WC, fez uma exibição bem melhor para a posição 6 que a do Danilo Pereira no jogo inaugural. De facto fez mesmo (na minha opinião).

O que se depreende daqui é que o caro captomente apenas quer achincalhar os que pensam diferente. Nem que para isso tenha de elogiar lixo. Basta que seja da sua cor.

Mais do mesmo, portanto.

Cumprimentos,

joao cardoso disse...

Daniel, um digno representante do nacionalbenfiquismo, mais perigoso do que JGabriel.

Cantinho do Morais disse...

ó Anónimo,

então o William devia progredir com a bola, tendo os seus pares no meio-campo à sua frente no terreno? e a cobertura (tal como afirma o Peseiro)? era dos centrais (repare que Vieirinha também está à frente)?
e o próprio "Guardiola da ETAR do Seixal" diz: "claro, depende da cobertura".

ele está a dar exemplos de más intervenções do William quando, de facto, face às jogadas em questão, não foram.
e mesmo o lance do Alaba, se o William se mantém agarrado ao Alaba, o que não faria o portador da bola sem oposição?

o que se questiona aqui, é onde está esta minúcia, quando outros jogadores do nosso burgo andam a marcar com os olhos os adversários (ver, por exemplo, o golo do Herrera e Vidal na Luz).

"O que se depreende daqui é que o caro Anónimo apenas quer achincalhar os que pedem igualdade nos jogadores a criticar. Nem que para isso tenha de escamotear os erros do lixo. Basta que seja da sua cor.

Mais do mesmo, portanto."

M. disse...

É muito triste, mas é o estado lampiânico a passar continuamente impune.
Um Bem-haja aos que vão ajudando a denunciá-lo!

kovacevic disse...

Que dizer? É o Carlos Daniel. Arrogante, desonesto e sempre pronto a menorizar tudo o que tem a ver com o Sporting. É o mesmo Carlos Daniel que desde Leonardo Jardim se entretém a apoucar o plantel leonino, que entretanto fez duas qualificações directas para a Champions à frente do Porto, ganhou uma Taça de Portugal e uma Supertaça, e igualou o anterior recorde de pontos do campeonato. O William, que esteve nestas três épocas, não deve ter nada a ver com isto.

Anónimo disse...

Infelizmente, convenceu-se de que percebe de futebol, de tal forma, (presunção e água benta cada um toma a que quer) que não tem receio de mandar bacoradas em directo, junto a jogadores que jogaram durante anos e que percebem mais de futebol num dedo que ele no corpo todo. O Costinha ainda o emendou...

JP disse...

Na primeira situação o William tem que compensar numa dobra uma falha táctica numa marcação onde o André Gomes (como sempre) não acompanha o portador da bola e anda a dançar no meio do campo. Para o CD era deixar a lateral toda liberta e por o André Gomes a correr feito um desalmado e perder o tempo de marcação.

Na segunda situação, em 3 para um onde o MD da Austria fecha imediatamente, qualquer perda de bola naquela situação é uma perda de risco e um potencial de contra ataque para o adversário em situação de inferioridade, onde não existe qualquer cobertura e não existe qualquer referencia para uma progressão apoiada no ataque.

Claro que nesta situação qualquer um na posição do William iria "lateralizar". Não porque seja o seu modus operandi (do Danilo, sim) mas porque não tem alternativas.

Mas é bom o CD criticar o William nessas situações, tenho pena que não tenha falado no muito bom que ele fez nesse jogo (dos únicos) em comparação com outros jogadores que jogaram na mesma posição.

JMF disse...

Este homem é do mais insidioso e perigoso que existe, porque eu próprio gosto de escutar as análises tácticas dele, ele sabe do que fala, apresenta perspectivas tácticas novas, e tem verdadeiro interesse pelo futebol dentro das quatro linhas, mas de repente mete o veneno lampião para atacar um dos melhores jogadores em campo (!), elogiado por comentadores internacionais, apenas porque é do Sporting!
Reparem como os outros comentadores (Carlos Daniel e Peseiro) reagem com surpresa ao rebaixamento que ele tenta fazer de William!
Há uns dias este Guardiola dizia que achava que "não havia grande diferença na saída de bola de William ou de Danilo"!
Agora que todo o mundo viu o contrário ficou nitidamente ressabiado!
Este homem é doente!

Costa disse...

O mercado não há-de deixar de dizer quem vale mais...

E aí virá a ladaínha da Doyen, mas nada a que não estejamos já habituados...

Rui Ferreira disse...

Para o Anonimo do 1o comentario:

video 1 - Preferia que william deixasse o jogador que tem bola entrar pela area dentro à vontade para cruzar? Ou que fizesse como fez e deixasse a sua marcação para impedir que isso acontecesse?

video 2 - eu contei 1 segundo desde que william recebe a bola até que 2 adversarios fecham o centro do terreno, para onde o "comentador" disse que ele devia ter avançado.
Preferia que william sendo o ultimo jogador tentasse o drible sobre 2 adversarios naquela posição?